quinta-feira, 23 de julho de 2009


Sinto a sua falta,
é incessante...
Sozinha, busco na imensidão
da noite, conforto, aconchego
e um pouco de paz.
Só encontro a solidão,
nas horas intermináveis
que avançam na madrugada.

Autora: Sandra Ribeiro

4 comentários:

MioneNunes disse...

Soh quem amou de verdade sabe o quanto essa sensação esmaga a gente por dentro neh?
muito bom teu texto, eu gosto mt de pessoas q escrevem assim ;)
to seguindo teu bloog
beijos
www.meannina.blogspot.com

Tobias Silser disse...

Muito bacana teu blog.. excelentes palavras! Parabéns!
Depois de muitos anos resolvi migrar as palavras dos meus velhos cadernos para um blog.. depois faz uma visita la, ok?
Mais uma vez parabéns! Abç!

Darlene ^♥^ disse...

párabéns pelo seu blog..

deixei um celinhu la no meu blog.
passa la e pega....

bjooooo...

Rafael disse...

Legal seu blog, belos poemas...
Se puder da uma conferida no meu também tenhos alguns poemas...
Bjs