quarta-feira, 8 de julho de 2009


O nosso amor não é mais o mesmo,
não fazemos mais planos
para o futuro.
Aquela sensação maravilhosa,
o coração disparado em
cada reencontro, são apenas
lembranças.

Parecia tão inabalável,
e hoje me pergunto
se ainda é amor, se ainda
temos chance de dar um novo
rumo, aos sentimentos adormecidos.

Aqueles momentos mágicos
do começo, hoje fazem
falta em minha vida...

Autora: Sandra Ribeiro

5 comentários:

diariodataty disse...

que bom que voce gostou..é o que estou passando e concerteza é o que muitas garotas passaram ou passam tambem
aai achei tão lindo esse poema,me fez lembrar de um garoto por quem eu era e sou apaixonada só que ele tem namorada...arghhhhh!!!!
muuuuito lindo!!!
ai o meu link do meu blog verdadeiro é este aqui:
http://diariodataty-highstar.blogspot.com/
bjuuuuus

Nada do que eu faça pode mudar o destino. disse...

lindo..e é a puro verdade,,..infelismente é isso que acontece com nossos relacionamentos depois de um tempo..comodismo..

Ligia disse...

é bom quando o tempo pára, e a gente continua...

Vicente Caldas disse...

Oi Sandra.
Acredite, nada é para sempre. Mesmo que o desejo de eternidade na paixão, no amor, seja intenso e verdadeiro, nada resiste ao tempo, esse amor deliciosamente delirante, que chega a sufocar, que nos leva ao climax,que nos remete a tantas ilusões, como tudo nessa existência também finda, ou se não, diminue de intensidade, perde o viço, pulso mais brando, nos leva o encanto do que foi em algum tempo pura magia. Mas o bom de tudo, é que podemos renovar sempre, com outras pessoas, o amor é surpreendente, cada nova paixão tem seu sabor ímpar, suas próprias digitais. Está acontecendo comigo agora, e de uma forma absurdamente avassaladoura. Bem, acho que estou me alogando demais,gostei muito de seus posts, de sua delicada sensibilidade poética. Estou ancorando aqui, depois a gente se vê, tem coisas aqui que falam por mim.
Bom ficar contigo
bjs

Fernando Lago disse...

Oi!

Usei a imagem deste post em um post lá no meu blog, dando o crédito e pondo o link para cá. Algum problema?

Adorei a poesia!
Abraços!