sexta-feira, 17 de julho de 2009


Prefiro a solidão,
do que seguir um
caminho sem verdade.

Prefiro a dor,
à indiferença.
O silêncio trás
mais conforto do
que ouvir mentiras.

Prefiro não sorrir,
do ter que fingir o
que não sinto.

Não precisa me estender
a mão, prefiro estar no
chão, a ter que de novo,
olhar em seus olhos frios.


Autora: Sandra Ribeiro

2 comentários:

bruno viralata disse...

op´s essa foi forte,posso escrever um poema pra você?

bruno viralata disse...

"AUSÊNCIA.."
Falta um sorrizo em você
falta em você um amor,
tente viver sem sofrer
lute supere essa dor.
Cante as belezas da vida
sonhe que és bem feliz,
faça da dor despedida
ou chore,você foi quem quis.
Talvez,você não queira entender
nada se faz pra curar,mate essa dor
que é o sofrer.
Então, verás que é tão facil de amar,
vamos começe a sorrir
para essa dor terminar.
(humildemente-bruno viralata)