domingo, 12 de julho de 2009


Procuro um coração,
que queira ser amado,
mas amado de verdade,
que não conheça meias palavras,
que queira ser amado por inteiro,
e com grande intensidade,
não importa se é feliz ou infeliz,
se já foi iludido, enganado, magoado,
não, nada mais importa,
basta querer ser feliz de novo,
ou pela primeira vez!

Não importa o invólucro onde
ele esteja adormecido,
vou despertá-lo com amor,
pois procuro um coração,
que queira ser amado...

Pode ter alma de criança, de velho,
de adolescente, desde que saiba
o que sente, e que esteja
disposto a se entregar,
e que aceite o que vou lhe dar,
pois procuro um coração,
simplesmente para amar...

Autora: Sandra Ribeiro

2 comentários:

Amiga do Cafa disse...

E tomara que ele queira ser bem amado !
Bela poesia.
Belo domingo pra ti !

bruno viralata disse...

Deus me livre,isso doeu,um espelho real.bjs