terça-feira, 1 de setembro de 2009


Ouvir muito além do teu silêncio,
entender as palavras medidas.
Sentir além das suas atitudes
contidas.
Preciso de você além da
nossa insegurança.
Quero você mesmo com
a incerteza do futuro.

Autora: Sandra Ribeiro

3 comentários:

bookmanie disse...

Sandra. O futuro não é para ser entendido, o futuro é o passado, todo o seu passado. Difícil prever o momento no tempo, como sempre balançando no passado. Eu publiquei um artigo relacionado a este tema e um link para seu artigo, você poderia fornecer? Se eu fiz, é em relação aos últimos momentos que surgiram em minha memória. Bookman.

Angus disse...

Bellísimo. Pura belleza. :)

Bezerra Guimarães disse...

Não se pode confiar...
Mas no futuro quem vai pensar?
Se o passado está lá imutável e presente...
A gente tem de viver às vezes incosciente... para no tal futuro não pensar!

Deixemos que ele se apresente como presente.