segunda-feira, 2 de novembro de 2009


Nada mais a fazer...

Sua presença já não faz tanta falta,
não preciso mais saber da sua vida,
as últimas palavras deixaram marcas.

Não tivemos paciência para superar
alguns pequenos problemas,
não soubemos lidar com as fraquezas
e sensibilidade do outro.

O melhor caminho é a separação.
Chegamos ao fim.

Autora: Sandra Ribeiro

6 comentários:

Sereia disse...

Bom diaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa.
Lindo poema embora triste, pois dizer adeus dói demais...
Um beijo grande.

Kim Sousa disse...

Se tudo tem sempre que chegar a um fim...que pelo menos seja definitivo para que as feridas não tenham chance de reabrir...

Iúri "Zúluri Regueiro" disse...

humm...algo triste mas com uma luz ao final do tunel..quando a vida nos tira algo nao é para ficarmos tristes mas sim porque merecemos melhor

Felicidade Clandestina. disse...

Lindíssimo...

Realmente o fim é triste
(odeio ter que dizer Adeus \: )

é triste,porém belíssimo

Bj Bj ;*

Natália Ferreira disse...

sandra que coisa linda divina! querida estou te seguindo nesse tbm, nao poderia deichar de dizer que os dias passam e eu acabo me tornando cada vez mais sua fã beijao

Nada do que eu faça pode mudar o destino. disse...

vou colocar minha autoria vc tem razão San..

TE AMOOOOO também..