segunda-feira, 22 de março de 2010

Não chega a ser tristeza...

É só um pequeno vazio, um
sentimento passageiro,
ainda sem explicação.

Dizem que vai passar,
eu sei disso, mas a angústia
está aqui neste momento,
não ontem nem amanhã...

Não chega a doer,
acho que nem chega a ser tristeza...

Autora: Sandra Ribeiro

23 comentários:

Ma.chine disse...

não dói, mas incomoda...
e não em sai da cabeça ... ou melhor do peito.

é vzio é saudade é sentimento é vontade...
Tristeza... talvez... parece... mas tem horas que parece que não...

beijo

LUCIMAR SIMON disse...

NaO CHEGAR SER AMOR,mas posso dizer que se compara, mas ainda penso ser paixao, o que sinto sempre que venho neste espaço tao belo e aconchegante belas letras.

beijos.

Sonhadora disse...

Lindo e nostálgico poema.
Gostei muito.

Beijinhos
Sonhadora

Paty disse...

nossa lindoo...

eh assim q me sinto!!!

Carlos Augusto Matos disse...

Passei 6 meses com uma mina, dando tudo de mim, e no fim ela disse a minha pessoa: "O que sentir por vc foi apenas algo passageiro."

Portanto, criei um trauma a coisas passageiras, apesar de saber que a vida é passageira...

Bjuxxx

Pérola disse...

Que essa angústia passe logo minha querida.
Ela fica até bonita nos poemas,mas aindo a prefiro um pouco distânte rs.
beijokas.

Maria disse...

Lindo poema, excelente blog, adorei.
bjs
Maria

Mikaele Tavares disse...

Nessas horas, só o tempo mesmo.

Beijos

Juliana Mendes disse...

ooohh..
isso é falta de amor...
ou então, de um desejo por alguém que n pode ser seu..
qqr coisa relacionado ao coração...
esse é o mês, essa é a estação do vazio!

bookmanie disse...

"Just a spark, my friend."
Bookmanie

Maurélio disse...

Pequenos vazios são lembranças passadas, saudades reprimidas.
Lindo seu versejar poetisa.

Pérola disse...

Boa noite amiga.
Vim te desejar uma feliz Páscoa com muita saúde,muita paz e muito amor.
Sua postagem tá linda mas está triste.
Está tudo bem?
Um beijo grande.

Poem Land..."Por que perder-se também é caminho!" disse...

Lindo poema SR!te admiro e respeito muito.

Kotta1947 disse...

Belo e sofrido poema neste momento talvez esteja tudo melhor. Assim espero. Bjo.

JUKA BALA disse...

gostei do poema,parabens

J. Araújo disse...

Passei para deixar minhas impressões. Confesso que a saudade muitas vezes me fez chorar.

Bj

Iván Ruiz Muñoz disse...

Desde España...

¡Un gran abrazo de luz! No pares de escribir y de regalarnos emociones para el corazón...

Iván

Isadora disse...

Por menor que ela seja ela não deixa de ser uma dor =/.Lindo seu blog

c.miChel disse...

amanhã é um outro dia. não é?

Bia Monteiro disse...

Saudadeeee amigaaaaa
Bjos e bom fds!
=D

Notas & Notícias disse...

Sandra, Sandrinha, pode ser o amor batendo`em sua porta. Quantas vezes o amor bate em nossa porta? Uma...duas, sei lá!

Bjs

aluisio martins disse...

penso ser alma alada querendo vôo livre, mudar de casa...
respirar fundo e ganhar mundo, o mais particular de todos, o seu...
bom lugar, volto...
abs
PS: assim me sentia nesse exato dia, data em que nasci, 22 de março de muitos anos passados...

The Lost Society disse...

Nice blog